Num diálogo misterioso profundo entre a escuta de Deus ― em quem tem início qualquer vocação ― e a resposta humana, a vocação ao presbiterado, por ser dom de Deus para a humanidade, requer que se realize na verdade e na liberdade. Cada uma das etapas que a seguir se sintetiza propõem-se não como um mero suceder de experiências letivas (não bastando passar de ano), mas de uma aquisição de consequências práticas que garantam uma vivência madura do acolhimento da graça presbiteral contida no Sacramento da Ordem e no acolhimento fraterno do Presbitério Diocesano. Esta nova forma de enunciar as etapas é-nos sugerida pela nova Ratio Fundamentalis da pontifícia CONGREGAÇÃO PARA O CLERO, intitulada “o Dom da Vocação Presbiteral”.

 

NA DIOCESE DE VISEU:

― A sensibilização para a escuta e resposta

É a etapa que acontece no contexto onde nasceu e cresceu o rapaz. Decorre do amor cristão familiar e promove-se com a ajuda da catequese paroquial da infância e da adolescência. É uma tarefa da Pastoral Vocacional diocesana.

― O acompanhamento propedêutico

Acontece no âmbito do Seminário em Família que constituiu cada família onde se coloca a possibilidade do crescimento no amadurecimento da vocação sacerdotal de um dos filhos, com o apoio do pároco e de um sacerdote da equipa do Seminário, segundo um conjunto de encontros que podem evoluir para uma experiência de vida comunitária propedêutica, até que os frutos do discernimento confirmem possibilidade de avançar para o Seminário Interdiocesano.

 

NO SEMINÁRIO INTERDIOCESANO DE S. JOSÉ, EM BRAGA:

― O discipulado (1º e 2º anos)

É a etapa que decorre do 1º ao 2º ano do Seminário Interdiocesano, em Braga. Os estudos filosóficos ampliam a possibilidade de um autoconhecimento do rapaz, de maneira a realizar uma maior purificação de intenções que permita uma entrega o mais autêntica possível.

― A configuração com Cristo (3º e 4º anos)

É esta configuração que permite que o presbítero possa partilhar com o povo o dom do amor de Deus. Esta etapa realiza-se entre a Admissão às Ordens Sacras e o Leitorado. Coincide com o estudo da Teologia e de uma gradual experiência de descida à prática da pastoral.

― A síntese vocacional (5º e 6º anos)

Antecipamos, um pouco, esta etapa para ajudar o candidato, nas suas várias dimensões, a incrementar ainda mais aquela docilidade que lhe permitirá, após a experiência do Seminário, em estágio e na descida à participação na Caridade Pastoral de Cristo Bom Pastor, viver os valores da vocação presbiteral, em conformidade com a missão da Igreja. Esta etapa inicia com o acolitado e culminará no diaconado.

Contactos:

www.seminariointerdiocesanosj.pt