Open/Close Menu A Diocese de Viseu é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Portugal

«É fundamental continuarmos este caminho juntas para mútuo enriquecimento e para a melhoria do mundo», frisam as participantes.

O Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, da Santa Sé, promoveu em Taiwan o primeiro encontro internacional de diálogo entre monjas católicas e budistas.

Num comunicado publicado pela sala de imprensa da Santa Sé, as participantes destacam um evento bastante “enriquecedor”, do qual saiu a intenção de reforçar os laços de “entendimento e amizade” entre as duas partes, de modo a que “possam continuar a ser construídas pontes entre diferentes caminhos espirituais”.

“Acreditamos que o diálogo inter-religioso é uma via que todos os homens e mulheres devem seguir juntos. Assim, encorajamos mais e mais mulheres religiosas a contribuirem com o seu ‘génio feminino’ para a criação de novas e criativas formas de diálogo, e à abertura das nossas comunidades a estes contributos”, pode ler-se.

Depois do encontro, ficou ainda a convicção de que toda a vida religiosa, independentemente da crença, pode ser “um testemunho significativo” no meio de uma sociedade marcada pelo “consumismo, materialismo e individualismo”.

“É fundamental continuarmos este caminho juntas para mútuo enriquecimento e para a melhoria do mundo”, salientam as religiosas.

Na iniciativa promovida pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso estiveram presentes setenta monjas católicas e budistas, provenientes de Taiwan e de países como Brasil, Japão, Coreia do Sul, Índia, Tailândia, Alemanha e Estados Unidos da América.

Os trabalhos, subordinados ao tema ‘Ação contemplativa e contemplação ativa: Monjas budistas e cristãs em diálogo’, tiveram também o contributo da Associação das Superioras Gerais de Taiwan e do mosteiro budista Fo Guang Shan.

G.I./Ecclesia:JCP

© 2016 Diocese de Viseu. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: scpdpi.com

Siga-nos: