Open/Close Menu A Diocese de Viseu é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Portugal

A força salvífica da Palavra de Deus. O alimento fundante de toda a espiritualidade cristã. Dizia São Jerónimo: Quem ignora as Escrituras, ignora o próprio Cristo.

Como podemos então conhecer, acolher, amar e viver na nossa vida a Palavra de Deus, se não houver quem nos comunique esta Palavra. Neste desejo entendemos e sabemos dar valor aquela frase de São Paulo: “Ai de mim se não evangelizar?”

O nosso Deus é um Deus de amor, que se dá a conhecer e se revela em plenitude através do Seu próprio Filho: “Deus amou tanto o mundo, que lhe deu o Seu próprio Filho, para que todo o que n`Ele acredita não pereça, mas tenha a vida eterna”.  A vida eterna consiste em deixarmo-nos amar sempre pelo dom gratuito e incomensurável de Deus.

É neste contexto que eu vejo a importância da palavra de Deus na nossa vida. Diz o Papa Francisco. “Portanto estabeleço que o III Domingo do Tempo Comum seja dedicado à celebração, reflexão e divulgação da Palavra de Deus. Este Domingo da Palavra de Deus colocar-se-á, assim, num momento propício daquele período do ano em que somos convidados a reforçar os laços com os judeus e a rezar pela unidade dos cristãos. Não se trata de mera coincidência temporal: a celebração do Domingo da Palavra de Deus expressa uma valência ecuménica, porque a Sagrada Escritura indica, a quantos se colocam à sua escuta, o caminho a seguir para se chegar a uma unidade autêntica e sólida.

As comunidades encontrarão a forma de viver este Domingo como um dia solene. Entretanto será importante que, na celebração eucarística, se possa entronizar o texto sagrado, de modo a tornar evidente aos olhos da assembleia o valor normativo que possui a Palavra de Deus. Neste Domingo, em particular, será útil colocar em evidência a sua proclamação e adaptar a homilia para se pôr em destaque o serviço que se presta à Palavra do Senhor”.

No seguimento da proposta do Papa, no próximo Domingo, na Eucaristia na Catedral às 18h30 receberão a Instituição do Ministério de Leitor os candidatos ao Diaconado Permanente.

Que a Palavra de Deus seja a força e luz de todo o nosso Apostolado, promovendo um verdadeiro diálogo entre os que a escutam.

 

† António Luciano,

Bispo de Viseu

CategoriaBispo

© 2016 Diocese de Viseu. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: scpdpi.com

Siga-nos: